09/07/2024 às 11:59

Hoje Não me Aguento

16
2min de leitura

Hoje sinto frio... um frio estranho que vem de dentro de mim. Não é o tipo de frio que o calor de um cobertor possa afastar, mas um frio profundo, que se instala na alma e envolve-me num manto de solidão. É um frio incomodativo e chato que me distancia dos que amo, que me coloca do outro lado do rio para que não haja comunicação.

São nestes dias frios que me sinto querer distante, quase como um "chega pra lá" silencioso. Um pedido implícito para que me deixem em paz. Sinto-me tão arreliada comigo mesma, desconfortável na minha própria pele. É como se não suportasse a minha companhia, como se o meu ser fosse um estranho para mim mesma. Lembro-me sempre da música do Rui Veloso "Hoje estou que não me aguento"

Esforço-me para sorrir, tentando mascarar a tempestade interna, mas a verdade é que só me apetece chorar. E, às vezes, nem disso sou capaz . As lágrimas, que poderiam ser uma libertação, ficam presas, como se o frio as tivesse congelado. Fico ali, só, com o olhar parado, a pensar no nada, com um vazio que me consome a energia.

Nestes dias, a mente perde-se em pensamentos desconexos, um turbilhão silencioso que não consigo organizar. Olho ao redor, mas não vejo nada. O mundo parece distante, como se estivesse a olhar através de uma janela embaciada. Não tenho força para desviar o rosto, para mudar o foco. Apenas fico ali, estática, presa no meu inverno interno.

Esse frio, que parece não ter origem nem razão, é um visitante indesejado que chega sem aviso e sem convite. Enquanto isso, tento lembrar-me de que esses momentos são temporários, que a primavera sempre segue o inverno, e que, apesar de tudo, sou forte o suficiente para suportar até os dias mais frios.

Eu permito-me sentir mesmo o que é desconfortável. Porque sei que cada sentimento tem o seu propósito, e talvez este frio esteja aqui para me ensinar me fazer valorizar ainda mais os dias quentes e ensolarados da vida.

Então, hoje, espero, com paciência, pelo calor que sei que está por vir. Porque, no fundo, acredito que, depois do frio mais intenso, o calor do amor e da vida será ainda mais apreciado.


Hoje só Hoje! ...Como dizem os Jota Quest.

Ana Luar Vaz*





4o




09 Jul 2024

Hoje Não me Aguento

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

Analuar Analuarvaz escrita criativa poesia

Quem viu também gostou de

12 de Jul de 2024

Renascida

11 de Jul de 2024

A Soma de Tudo

Logo do Whatsapp